Cadastre-se ou faça login     Youtube LinkedIn Twitter Facebook Instagram

Notícias > ESPECIAL - Barragens mal dimensionadas e sem manutenção destroem vidas e meio ambiente

Publicado em 11/03/2009

DIA MUNDIAL DE LUTA DOS ATINGIDOS POR BARRAGENS (14/03)

Todos os anos são noticiados casos de rompimentos de barragens no País. “Um acidente que, infelizmente, não é raro”, afirma Mauro Banderali, diretor da empresa de remediação e monitoramento ambiental Ag Solve. Estima-se que cerca de 80 milhões de pessoas no mundo todo já foram vítimas, de forma direta ou indireta da construção e de acidentes ocasionados por rompimentos em barragens, de acordo com o último relatório da Comissão Mundial de Barragens, órgão ligado a Organização das Nações Unidas (ONU). Incontáveis espécies da fauna e da flora, além de recursos hídricos, também já foram comprometidos pelo mesmo motivo.

 

De acordo com Mauro Banderali, o mal dimensionamento na fase inicial de seu planejamento, construção e a falta de manutenção e monitoramento com equipamentos de alta precisão são as principais causas que comprometem a segurança destes empreendimentos. “A obtenção de dados confiáveis para os cálculos hidráulicos e o monitoramento constante do comportamento de toda a estrutura precisam ser rigorosos. Pois, por acumularem um grande volume de água e eventualmente líquidos ou misturas de líquidos e sólidos, as obras de barragens são empreendimentos de alto risco. Qualquer falha na estrutura pode ocasionar liberação do volume acumulado com uma energia impressionante, atingindo o ambiente e ocasionando mortes e devastação”, explica Banderali.

 

Neste trabalho, segundo ele, é fundamental o investimento em sistemas automatizados de medição e leitura do nível dos reservatórios e dos piezômetros no interno das barragens. “Na proximidade de efeitos adversos, quanto maior for a frequencia de coleta de dados, melhor será a previsibilidade do dano e o tempo de reação. Os novos equipamentos e softwares captam os dados em tempo próximo ao real, enviando-os automaticamente para o banco de dados, agilizando o recebimento e a análise das informações, evitando acidentes e trazendo, conseqüentemente, muito mais segurança”, finaliza Banderali. Em alguns sistemas é possível também a implementação de alarmes de forma a garantir uma rápida ação.

 

Sobre o Dia Mundial de Luta dos Atingidos por Barragens

O Dia Mundial de Luta dos Atingidos por Barragens – 14 de março – foi criado em 1997, como uma forma de expôr para a sociedade os problemas causados pelas barragens. No Brasil, o Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) reúne todos aqueles que estão envolvidos nesta causa.

 

 

 

Atendimento à imprensa:

Daniela Mattiaso e Marlene Simarelli

daniela@artcomassessoria.com.br

marlene@artcomassessoria.com.br 

ArtCom Assessoria de Comunicação

Telefone: (19) 32372099

Campinas SP

Precisa de ajuda para escolher a melhor solução para sua aplicação?

Nossos especialistas podem ajudá-lo. Entre em contato.

Fale Conosco
WhatsApp