Cadastre-se ou faça login     Youtube LinkedIn Twitter Facebook Instagram

Notícias > Vidro reciclado vira artigo de luxo

Publicado em 27/11/2008

“As possibilidades de criação de peças artísticas com o vidro são imensuráveis”, garante Humberto Nalesso Muñoz, vice-presidente da ONG Cosmética Beleza & Cidadania, sediada em São Paulo, Capital. A ONG é responsável pelo Projeto Bela Beleza Belíssima, que há 5 anos transforma garrafas e potes de vidro em peças de artesanatos, bijuterias, peças de vestuário, entre outros produtos. Ao todo, são 25 profissionais envolvidos no projeto - 20 mulheres e 5 homens.

Atualmente, a produção de pastilhas com vidro reciclado da ONG já está sendo comercializada em uma loja em Nova Iorque, nos Estados Unidos, para a criação de cortinas. Além deste trabalho, a ONG está desenvolvendo brindes corporativos para um grande laboratório de medicamentos. Segundo Humberto, “a comercialização tem sido feita de acordo com a demanda do mercado e o preço é formatado dentro das regras de Fair Trade (Comércio Justo)”, afirma ele.

Após a chegada das garrafas na ONG, inicia-se o processo de transformação das garrafas em pastilhas de vidro. Tudo começa com a limpeza, lavagem, classificação, corte e particionamento das garrafas; depois, há a customização das peças e a queima para dar formato. Somente após estas etapas, começa o trabalho de fabricação dos produtos. O recolhimento do vidro utilizado também faz parte de uma grande ação de cidadania. Para que o projeto gerasse renda e cidadania, não só para os artesãos, mas também para outras pessoas, a ONG abriu um núcleo chamado de Poder Negro, localizado em Ermelino Matarazzo – Zona Leste de São Paulo, Capital. Lá, foi criada uma moeda de troca local, chamada Palma. “A cada 10 garrafas entregues, é fornecida uma palma. A palma serve para ser trocada dentro do bazar do núcleo. Neste bazar, fornecemos alimentos, peças de vestuário, brinquedos, gerando um grande ciclo de cidadania”, explica Humberto.

Todo este trabalho surgiu da preocupação ambiental e social de seus idealizadores. “Sabemos que as embalagens de vidro demoram cerca de 1 milhão de anos para se decompor na natureza. Acredito que este seja um motivo justo para transformar garrafas que iriam para o lixo, em novas possibilidades e oportunidades. Além do conceito ecológico, a conscientização gerada pelo simples fato de estar trabalhando, comprando ou usando uma jóia, feita a partir do lixo, causa um impacto de preservação no íntimo das pessoas.” Humberto ressalta que ”essa conscientização é a grande marca do projeto, além da inclusão sócio-produtiva de vários cidadãos da cidade”.

A ONG ainda teve o apoio de uma artista plástica especializada em vidros, da entidade Ashoka (www.ashoka.org.br) e do Fundo Ângela Borba, que ajudaram na formação da primeira equipe de profissionais do vidro. Por meio da Ashoka, a ONG Cosmética Beleza & Cidadania também fez parceria com o Instituto Papel Solidário desenvolvendo produtos baseados em vidro e papel reciclados, como agendas, bolsas e acessórios para roupas, criados em parceria com o instituto.

Um site de comércio eletrônico está sendo desenvolvido para facilitar a aquisição dos  produtos. Por enquanto,  os interessados podem visitar um showroom na Rua Sérgio Tomás, 402, no bairro Bom Retiro, em São Paulo (SP). Os telefones para mais informações são (11) 3331-3163 ou (11) 3362-8470.

Precisa de ajuda para escolher a melhor solução para sua aplicação?

Nossos especialistas podem ajudá-lo. Entre em contato.

Fale Conosco