Cadastre-se ou faça login Youtube LinkedIn Twitter Facebook

Notícias > Quais as Opções de Sensores para Detecção de Gases?

Publicado em 17/10/2017
Quais as Opções de Sensores para Detecção de Gases?

 

 

 

 

No interior de todo sistema de detecção de gases estão os sensores que monitoram e medem essas ameaças silenciosas.

Os sensores da RAE Systems lideram a indústria de detecção de gases por sua efetividade e sensibilidade testada em campo, além de confiabilidade e entrega de informações em tempo real.

Com sensores específicos para compostos químicos incluindo VOCs e TICs, e um leque de outras classes de gases, o usuário pode configurar seu detector de gás de acordo com sua aplicação e necessidade.

A inovação, expertise e dedicação aos mais altos níveis de qualidade permitem que a RAE System ofereça sistemas de detecção de ameaças de alto padrão para diversas aplicações que incluem indústrias, petróleo e gás, monitoramento ambiental, defesa, e controle de emergências.

 

Sensores de Radiação Gama

A RAE Systems usa dois tipos diferentes de sensores para radiação gama. Os cintiladores de iodeto de césio fornecem resposta rápida a radiações de baixo nível para alertar os usuários sobre a presença de radiação antes que ela represente uma ameaça para a saúde. E os sensores de diodo PIN medem uma faixa de dose elevada, de modo que os trabalhadores possam acompanhar a taxa de exposição, bem como a exposição total. A detecção de radiação gama está disponível em detectores instalados diretamente na área monitorada ou em detectores multigás como: AreaRAE e MultiRAE Pro.

Detectores de gases com sensores de radiação gama: AreaRAE e MultiRAE Pro

 

Sensores de Fotoionização (PIDs)

A RAE Systems é reconhecida como empresa líder no desenvolvimento de detectores de fotoionização (PIDs). Os PIDs usam raios ultravioletas (UV) para bombear amostras de gás e detectar uma ampla gama de compostos orgânicos voláteis (VOCs) como: formaldeído, metano, benzeno, assim como hidrocarbonetos típicos de bases de exploração de petróleo e refinarias. Esses sensores permitem uma leitura instantânea indicando se os compostos estão presentes ou não. Isso torna os sensores PIDs úteis para operações de entrada de ambientes para identificar as possíveis ameaças que o usuário pode encontrar. Os sensores PID podem medir em partes por milhão (ppm), ou podem medir numa escala de maior sensibilidade a baixas concentrações de compostos orgânicos voláteis (VOCs), identificando partes por bilhão (ppb). Com uma calibração rápida e simples e uma larga biblioteca de fatores de correção para uma variedade de gases, os sensores PID da RAE Systems definem os padrões da indústria por sua acurácia e confiabilidade.

Eles estão disponíveis em detectores de gás como: MiniRAE 3000, MiniRAE Lite, ToxiRAE Pro PID.

Alguns dos Detectores de Gases com sensores PID: MiniRAE 3000, MiniRAE Lite e ToxiRAE Pro PID


Sensores de Gases Tóxicos

Os sensores eletroquímicos usam reações químicas para identificar e mensurar um gás tóxico específico ou uma classe de gases, ele é capaz de medir em (ppm) com um filtro avançado que provê uma melhor seletividade. Sua tecnologia é confiável, oferecendo leituras contínuas. Esses sensores oferecem a flexibilidade de poderem ser usados e trocados entre detectores de um único gás ou detectores multigás, dependendo do que o usuário quer monitorar. São oferecidas mais de 300 opções individuais de sensores eletroquímicos para auxiliar o usuário a detectar um gás específico em sua aplicação.

Alguns dos Detectores de Gases que possuem Sensores para Gases Tóxicos: UltraRAE 3000, MiniRAE 3000, MultiRAE Lite, QRAE 3.

 

Sensores de Gases Combustíveis

Os sensores catalíticos são ideais para monitoramento de ambientes com risco de explosão ou de incêndio pela ignição de gases inflamáveis, Eles medem os gases como uma porcentagem de limite inferior de explosividade (LEL), a concentração mínima do gás requerida para combustão se a fonte de ignição estiver presente. 

Alguns dos Detectores de Gases que possuem Sensores para Gases Combustíveis: MultiRAE Lite, MultiRAE Pro, ToxiRAE Pro LEL.

 

Sensores de Oxigênio

Manter a conscientização sobre os níveis de oxigênio é primordial para a segurança. A diminuição de oxigênio (O2) é a principal e mais grave ameaça pessoal e pode ser causada por uma série de fatores, incluindo o deslocamento de um gás mais pesado, como monóxido de carbono; por combustão, ou ainda por processos inofensivos, como ferrugem. O enriquecimento de oxigênio também representa uma ameaça potencial porque aumenta a possibilidade de combustão e oxidação. Os sensores de O2 de polímero sólido e eletrólito patenteados da RAE Systems são um passo em frente para a indústria, porque eles são mais seguros, não usam chumbo e têm uma vida prolongada. Esses sensores permitem um menor custo total de propriedade.

 

Alguns dos Detectores de Gases que possuem Sensores para O2:  QRAE3, MultiRAE Lite.

 

 

 

Fonte: Sensors, RAE Systems

Precisa de ajuda para escolher a melhor solução para sua aplicação?

Nossos especialistas podem ajudá-lo. Entre em contato.

Fale Conosco